Skateboard Art direto do Japão : Haroshi

Haroshi nasceu em 1978 no Japão e é um artista autodidata, skatista apaixonado desde a adolescência e que possui profundo conhecimento da anatomia de um skate e todas as suas partes, incluindo o convés, caminhões e rodas, materiais que ele usa em suas esculturas.

SkateboardSculptures18

Com nenhum treinamento formal da arte, mas muita perseverança e determinação, Haroshi utilizou-se da cultura do skate para a criação de obras de arte, que vão desde recriações de um par de tênis Nike até animais e instrumentos musicais a partir de boards usados por vários profissionais diferentes. No seu site pessoal, está escrito que “as suas obras de arte são iguais aos seus skates, que eles são a sua própria vida. Uma ferramenta de comunicação consigo mesmo e com o mundo”.

Dá só uma olhada na galeria de imagens que a gente montou com o trabalho do artista: Continue lendo

A ‘Arte Reciclada’ de Jane Perkins

Jane Perkins é uma artista britânica que se inspira em todos os objetos que encontra. Ela recicla quase qualquer objeto, desde brinquedos, conchas, botões e até mesmo jóias, como material para sua arte mais do que contemporânea.

j15

Perkins diz que não adiciona qualquer cor em suas obras e que elas surgem espontaneamente, colocando peças de diferentes tamanhos e espaços corretamente. Dá só uma olhada na galeria de imagens que montamos para vocês: Continue lendo

Arte em Cartografia

Embora completamente inútil para um viajante, as pinturas em mapa de Fernando Vicente oferecem um alívio visual espetacular. Baseado em Madrid, Vicente utiliza delicados mapas vintage como telas em seu “Atlas Série.” O artista ilustra rostos humanos, animais e crânios nos mapas, usando os limites geográficos de cada um para moldar os contornos e formas.

fernandovicenteatlas8

Através de gestos exuberantes, ele perfeitamente orienta o contorno da Espanha ou o tronco de um elefante sobre a ponta da América do Sul. Confira galeria em detalhes: Continue lendo